Legislação
 
Banco de imagens
Arquivo de fotos do CONSEG
Acesse aqui
Agenda
Eventos, palestras e reuniões
Acesse aqui
Aconteceu no CONSEG
Treinamento ministrados
pela CONSEG
Acesse aqui
Busca no site
Enconte arquivos, fotos, atas etc
Links direto
RENAFORTE - SEGURANÇA E TRANSPORTE DE VALORES
Pacto Pela Vida
Observatório de Segurança Pública da Bahia
Revista Segurança & Cia
Brasiliano & Associados - Segurança Empresarial
ANJOS SALVADORES - BOMBEIRO CIVIL
Sérgio Santana - Especialista em Segurança Eletrônica
OGuedes - Segurança Empresarial
Cartilha de Segurança. PM do Estado de São Paulo
ABGS - Associação Brasileira dos Gestores de Segurança
Aratu Service - Transporte de Pessoas
Disque Denúncia Bahia -Tel. (71) 3235-0000
Polícia Civil do Estado da Bahia
Secretaria da Segurança Pública da Bahia
Prefeitura Municipal de Simões Filho
ONU - Brasil
Polícia Militar do Estado da Bahia
Bombeiros Voluntários U.S.S.V. - Bahia
PRONASCI
PNUD - Brasil
Infoseg

Deprecated: Function eregi() is deprecated in /home/consegar/public_html/internas/ociaemfoco.php on line 3
Conseg Aratu
Convite para a 52ª Reunião do CONSEG ARATU
27/07/2011
É com imensa satisfação que convidamos a todos para a 52ª Reunião do CONSEG ARATU. Que será realizada na empresa Cefrinor no dia 27 de julho de 2011, as 09:30h. para tratarmos de interesses da Comunidade Empresarial e da Segurança Pública no CIA .

 

C O N V I T E 

O Presidente do CONSEG ARATU - Conselho de Segurança Comunitário das Empresas do Centro Industrial de Aratu - Sr. Álvaro Irineu Filho, no uso de suas atribuições legais, tem a honra de convidar V.Sas. Para participarem da importante reunião ordinária:
 
Título:             52ª Reunião Ordinária do CONSEG ARATU
Quando:          27 Julho de 2011 (Quarta feira)
Horário:          09h30min às 12h00min (BRT)
Local:              CEFRINOR
Endereço:       Via Urbana- Industrial Km 3,5 - CIA
Contatos:        Sr. Manoel Honório
Tel.                  (71) 2107-1414 

Pauta:
1. Leitura da última ATA;
2. Assuntos da reunião anterior;
3. Projeto MARATONA no CIA;
4. Projeto Ambulância para o CIA.
 
Obs.:   A sua presença é muito importante para que possamos conquistar nossos objetivos comuns.
 
 
Cordialmente,
 
 
Simões Filho-Ba, 16 de junho 2011
 
 
 
 
Álvaro Irineu Filho
CONSEG ARATU
- Presidente -
Tel.: 2107 4043 / 4074
ARMAS NÃO LETAIS
03/07/2011
Aconteceu no dia 30 de junho no CIA a apresentação de armas não letais para o serviço de segurança empresarial pela empresa MOREIRA MARCONI e POLY DEFENSOR...

Click no link abaixo e Confira as fotos:
 

Informamos que em 30.06.2011, aconteceu o evento para a apresentação do tema de relevante importância a tecnologia para novas armas não letais. Devido ao conteúdo da apresentação estaremos buscando o interesse dos senhores empresários da região para uma nova apresentação em data a ser agendada para o mês de setembro 2011.

Como a equipe especializada virá de Brasília e São Paulo (Valinhos), solicitamos que os interessados confirmem presença pelo Celular (71)  8856 2134.
 

Álvaro Irineu Filho
      Presidente
CONSEG ARATU
 

 

Seis áreas da capital baiana lideram homicídios
20/06/2011
O CONSEG ARATU visando manter todos informados sobre a violência, divulga as áreas mais perigosas de Salvador e região metropolitana...

O CONSEG ARATU visando manter todos informados sobre a violência, divulga as áreas mais perigosas de Salvador e região metropolitana.

1. Pau da Lima
2. São Caetano
3. “CIA ARATU”
4. Tancredo Neves
5. Periperi
6. Subúrbio Ferroviário
 
 
 
Sugestões: Divulgar ao público interno das fábricas, motoristas de empresas responsáveis pelo transporte de colaboradores.
 
Recomendações:
 
1. Diante de informações dos órgãos de Segurança Pública da região e registros do CONSEG ARATU , segue abaixo por ordem de gravidade as vias de acesso com maior incidência de Assaltos, Latrocínio, Desovas, Queima de veículos e outros crimes.
 
Via Ipitanga
Rodovia Cia Aeroporto (Ceasa)
Rodovia Cia Aeroporto (Capelão)
Via Centro
Rodovia Base Naval
Via Periférica 1
Via Periférica 2
Via Urbana
Estrada Santo Antonio do Rio das Pedras
Quadra 03 do Sesi Cia Sul
Rodovia Mapele Simões Filho
Rodovia Aratu Ilha de São João
 
2. Para tornar mais seguro o trajeto de Gestores e Executivos, recomendo as seguintes medidas que visam contribuir preventivamente para mitigar as vulnerabilidades, ameaças e os riscos.
 
 1º Evitar sair da empresa após as 19h00
 2. Fazer o trajeto pelas vias principais até a BR 324.
 3. Evitar o trajeto Via Ipitanga Posto Fon Fon.
 4. Evitar abastecer nos postos de gasolina no trajeto da BR 324 e Rodovia Cia Aeroporto.
 
3. Ausência de telefone público nos seguintes trechos
 
Km 18,5 da BR 324 (Sudic) ao Km 0 (retiro/acesso norte)
Via Centro / Rodovia Cia Aeroporto (Ceasa) e em todas as vias do CIA
Rodovia Ceasa Aeroporto Itapoan (viaduto).
 
4. Ausência de barreira Policial durante a noite
 Km 18,5 da BR 324 (Sudic) ao Km 0 (retiro/acesso norte)
Via Centro / Rodovia Cia Aeroporto (Ceasa)
Rodovia Ceasa Aeroporto Itapoan (viaduto).
Em todas as vias do CIA
 
5. Presença de barreira Policial durante o dia
Km 18,5 da BR 324 (Sudic) ao Km 0 (retiro/acesso norte (Viaduto da Brasilgás horário restrito Policia Rodoviária Federal)
 Rodovia Cia Aeroporto (Ceasa) 1º quebra mola (entrada Pedreira Cepel) Horário restrito)
Rodovia Capelão Aeroporto ( Após o Posto de Gasolina Petrobrás horário restrito)
Rodovia Ba 001 (estrada do Derba/Base Naval de Aratu (Posto da Policia Rodoviária Estadual 24h).
 
6. Outras medidas deverão ser avaliadas conforme as necessidades das empresas.
Atenciosamente,
 
 
Álvaro Irineu Filho
    Presidente 
CONSEG ARATU  

 

Relatório de Avaliação sobre a Redução dos Riscos no Centro Industrial de Aratu
12/06/2011
O CONSEG ARATU vem monitorando o controle da violência na região do CIA e informa as Autoridades que tivemos uma redução na queima de veículos conforme...

 

Relatório de Avaliação sobre a Redução dos Riscos no Centro Industrial de Aratu.
 
Prezados Senhores (as)
 
O CONSEGU ARATU no uso de suas atribuições,  vem monitorando o controle da violência na região do CIA e informa as Autoridades que tivemos uma redução na queima de veículos conforme dados abaixo.
 
Mês de dezembro 2010.
Total de veículos encontrados sinistrados = 0
             Total Roubo nas empresas = 01
 
Mês Janeiro 2011
Total de veículos encontrados sinistrados =0
Total Roubo nas empresas = 01
 
Mês Fevereiro 2011
Total de veículos encontrados sinistrados =0
Total Roubo nas empresas = 0
 
Mês Março 2011
Total de veículos encontrados sinistrados =02
Total Roubo nas empresas = 0
 
Mês Abril 2011
Total de veículos encontrados sinistrados =01
Total Roubo nas empresas = 0
 
Mês Maio 2011
Total de veículos encontrados sinistrados =01
Total Roubo nas empresas = 01
 
O CONSEG ARATU vem desenvolvendo soluções através de parcerias com a Prefeitura do Município de Simões Filho e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Órgãos de Segurança Pública, 8ª Delegacia CIA, 22ª Delegacia, 22ª CIA da Policia Militar e CIPE - Policiamento Especializado para áreas industriais visando o alcance desta meta, que ora hoje se realiza.
 
Respeitosamente,
 
Álvaro Irineu Filho
      Presidente

 

Policia Especializada no CIA
29/03/2011
POLÍCIA ESPECIALIZADA FARÁ RONDAS DE SEGURANÇA NO CIA

Date: Mon, 28 Mar 2011 10:08:21 -0300
Subject: POLÍCIA ESPECIALIZADA FARÁ RONDAS DE SEGURANÇA NO CIA
From: sudic.ascom@gmail.com
To: sudic.ascom@gmail.com


 

POLÍCIA ESPECIALIZADA FARÁ RONDAS

DE SEGURANÇA NO CIA

 

Na manhã da última sexta-feira (25), foi realizado, no auditório da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (SUDIC), um encontro que definiu o início das operações da CIPE (Companhia Independente de Policiamento Especializado) nas áreas do Centro Industrial de Aratu (CIA) Sul e Norte. A previsão é que, em 45 dias, a polícia esteja atuando na área.

 

O Projeto CIPE é uma iniciativa da Associação de Empresas do Centro Industrial de Aratu (PROCIA), em parceria com a CIPE e com o apoio da SUDIC, que consiste em implantar um sistema de segurança nas vias industriais para evitar roubos a carros fortes e invasão de empresas, reduzir assaltos a ônibus e criar um cinturão de segurança fechando toda a região para, assim, reduzir os problemas existentes nas áreas empresariais do CIA. Segundo o Major Piton, Comandante da Companhia, o projeto seguirá o modelo já implantado no Polo Industrial de Camaçari (PIC). “Faremos uma operação idêntica à implantada no Polo. Estamos lá há quase três anos e tem dado resultado positivo”, afirmou.

 

Inicialmente, duas guarnições, com quatro homens cada uma, farão rondas de 24h nas zonas industriais. Para esta etapa, serão 24 policiais treinados especialmente para atender a demanda das empresas. Com a consolidação do projeto, a previsão é de que este número aumente para três guarnições no CIA Sul e três no CIA Norte. Além disso, uma vez por semana, o Comandante e um policial militar graduado do CIPE darão expediente na sede da SUDIC com o objetivo de manter contato direto com as empresas, dando o apoio necessário, até que seja estruturada a base da CIPE, que funcionará na área do Corpo de Bombeiros, em Simões Filho.

 

De acordo com o Presidente da Dow Química e do PROCIA, Marconi Oliveira, o início das operações desta parceria público-privada está dependendo apenas da chegada das viaturas devidamente plotadas.

 

Ricardo Taboza, Diretor-Presidente da SUDIC, colocou a autarquia à disposição do PROCIA e CIPE para o que for necessário nesta operação. Além dele, também estiveram presentes na reunião o chefe de gabinete do órgão, Gustavo Valente, o Gerente de Segurança e Proteção Industrial, Carlos Salgado, além de representantes das empresas localizadas no CIA Sul e CIA Norte.

 

Ascom/Sudic

Condições do CIA
08/03/2010
Estrada do Centro Industrial de Aratu em péssimas condições O que poderia pôr de mãos dadas os empresários do setor da indústria em Teixeira de Freitas e do Centro Industrial de Aratu (CIA)? O abandono de anos posto em prática pelos poderes públicos...

 Davi Lemos, do A TARDE

Thiago Teixeira / Agência A TARDE
 
Estrada do Centro Industrial de Aratu em péssimas condições
O que poderia pôr de mãos dadas os empresários do setor da indústria em Teixeira de Freitas e do Centro Industrial de Aratu (CIA)? O abandono de anos posto em prática pelos poderes públicos colocou muito distante de uma imagem idealizada de como deveria ser um centro industrial aquilo que realmente se encontra na Bahia. Ao entrar pelo CIA, à vista os crescentes matagais e os evidentes buracos nas vias, prontos para deixar a pé os motoristas que por ali trafegam. Ao deixar o veículo de reportagem para registrar, na última quinta-feira, a passagem de veículos que desviavam dos buracos em região próxima à sede da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic), o encontro com o que parecia ser uma carcaça de bode. O pitoresco também se viu em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, onde entra quem quiser no distrito industrial, inclusive gado.
As queixas dos empresários não se resumem à falta de manutenção das  vias. “A infraestrutura, que entendemos desde as condições de acessibilidade, iluminação e segurança, precisa ser imediatamente recomposta. Estamos numa área pública que precisa ser constantemente cuidada, mas constatamos muitas invasões, depósitos de lixo e detritos”, comentou o presidente da Associação de Empresas do Centro Industrial de Aratu (Procia), Marcone Andraos Oliveira, que representa 34 empresas do CIA. Ele ressalta que o desenvolvimento industrial só é possível dentro de uma infraestrutura bem feita e que, por conta das condições atuais, tem-se perdido muito em competitividade.
Perigo no CIA - Trafegar ou andar pelo Centro Industrial de Aratu é também sinônimo de exposição ao perigo. Não sai do “consciente coletivo” o fato de a região ser palco de constantes assaltos ou mesmo de desova de cadáveres.
O gerente de manutenção da Transcarneiro Ltda., Felôneo Soares, 37, contou que não foram poucos os casos de assaltos de que ficou sabendo, como casos de saidinhas bancárias, assaltos e sequestros relâmpagos que vitimavam preferencialmente usuários da agência do Banco do Brasil do Centro Industrial. Quanto à transportadora em que trabalha, diz também que são muitos os gastos com trocas de molas e pneus dos veículos. “Há mais ou menos dois anos que não vejo nenhum tipo de tapa-buraco no CIA”, lamentou.
A Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic) informou que destinou cerca de R$ 13 milhões para a recuperação dos distritos industriais baianos. Pelo menos 11 distritos serão recuperados, com obras já iniciadas, segundo informações da superintendência, nos municípios de Ilhéus, Jequié, Itororó, Eunápolis e Santo Antônio de Jesus.
Boa vontade  - Referindo-se ao CIA, Marcone Oliveira ressalta que, atualmente, há muitos sinais de boa vontade para realizar melhorias na região, mas se diz ressabiado por experiências passadas. “Já tivemos situações de ajuda iminente, mas nada se concretizou. Hoje, apesar da boa vontade, não temos nada de concreto”, destacou Oliveira, que é dirigente da Dow Brasil.
A assessoria de comunicação da Sudic informou que, no final do ano passado, a superintendência e o Derba  firmaram um convênio para recuperar as vias internas do Polo Industrial de Camaçari e CIA. Informou ainda que as obras foram iniciadas em fevereiro, com previsão de conclusão em seis meses. O valor total para a recuperação das vias dos  centros industriais é  de aproximadamente R$ 10 milhões.
Entretanto os números com que a Procia trabalha para a recuperação da infraestrutura apenas do Centro de Aratu é de R$ 30 milhões. “Estamos trabalhando com uma estrutura de 35 anos atrás”, sentencia Oliveira
 
Sudic discute segurança do CIA
24/02/2010
Segurança e Qualidade de Vida, esse foi o tema debatido na 32ª reunião do Conselho Comunitário de Segurança do Centro Industrial de Aratu (Conseg), realizada nesta quarta-feira no Auditório da Sudic...

Segurança e Qualidade de Vida, esse foi o tema debatido na 32ª reunião do Conselho Comunitário de Segurança do Centro Industrial de Aratu (Conseg), realizada nesta quarta-feira no Auditório da Sudic (Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial), autarquia vinculada a SICM (Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração), com objetivo de reestruturar a segurança no CIA, fortalecer parceiras e buscar novos incentivos.

Estiveram presentes no evento, o diretor presidente da Sudic, Nilton Cardoso da Cruz, o prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar, representantes da Câmara de Vereadores, do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Militar de Simões Filho e Camaçari, além de empresários do Centro Industrial de Aratu.

Durante o encontro, a Sudic assumiu o compromisso com o Conseg de firmar parcerias a fim de promover a segurança e, com isso, viabilizar a instalação de mais indústrias no CIA, criando novos postos de trabalho. Para o presidente do órgão, Nilton Cardoso da Cruz, as parcerias são essenciais para o desenvolvimento e consolidação de um centro industrial como o CIA. “Já trabalhamos assim em alguns Distritos Industriais, a exemplo de Ilhéus que tem a presença da polícia no próprio distrito com monitoramento integral”, declarou.

Para o Major Adalberto Piton, da CIPE de Camaçari (Cia Independente de Policiamento Especializado), essa reunião reforça a idéia da implantação de um policiamento extraordinário e ressalta que as parcerias estabelecidas já trouxeram efeitos positivos. Na oportunidade, agradeceu ao presidente da Sudic o empenho e apoio em soluçar os problemas do Centro Industrial. ”A Sudic está de parabéns”, afirmou.

O Conseg, criado em 2007, surgiu pela necessidade de reestruturação do CIA, atuando na captação e administração dos recursos, buscando cada vez mais fortalecer parcerias entre o Estado, município e a comunidade. Hoje, o Conselho conta com o apoio de 20 empresas, da Sudic, Prefeitura de Simões Filho, Procia e órgãos de Segurança Pública.

Entre as propostas para 2010, o presidente do Conselho, Irineu Filho, tem como meta a elaboração de um plano de treinamentos profissionais da segurança para atendimento às emergências, criação do PAM (Plano de Ação Mútuo) das empresas circunvizinhas e promoção de cursos e eventos de capacitação. Esse é um projeto de grande envergadura, precisamos do apoio de todos”, ressalta.

 

(Clipping Aratu On-Line 16/12/2009)

Páginas:   12